Rescaldos

Rescaldo Semanal 23.01.2021

Internacionais

Duas multinacionais que operam no país informaram ao Governo Moçambicano a intenção de trespasse de acções das minas de carvão de Moatize. O facto acontece numa altura em que há muitos pendentes e descontentamentos no seio das comunidades locais, algumas das quais que ainda aguardam por um reassentamento. O descontentamento manifesta-se principalmente pela fraca a capacidade de gestão da responsabilidade social, poluição ambiental tanto nas comunidades próximas as minas bem como ao longo do corredor de Moatize à Nacala à Velha.

A Dick Advisory Group, empresa militar privada Sul Africana sub-contratada pelo Governo Moçambicano para operar em Cabo Delgado é hoje internacionalmente acusada de gerir apenas um helicóptero contra quatro, desde o princípio do respectivo contrato sigilo. O facto deve-se pela falta de manutenção do respectivo equipamento e avançam-se hipóteses de se implantar uma nova base logística militar em Mayotte, sob aval final da Total.

O Ministro Português de Estado e de Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, esteve em Moçambique e a chefiar a missão da União Europeia. A comitiva que se fez presente neste solo Pátrio a Convite de Moçambique, concordou comparecer para discutir sobre a insurgência em Cabo Delgado e possíveis formas de ajuda a Moçambique e a SADC, neste sentido.

A ONU anunciou recentemente que milhares de deslocados de guerra de Cabo Delgado enfrentam o problema da insegurança alimentar. Em alguns locais de acomodação de deslocados denota-se a superlotação de deslocados.

Nacionais

Nesta penúltima semana de Janeiro de 2021, insurgentes estiveram activosem Palma, Nangade e Macomia, tendo causado mortes, incêndio, pânico, terror e reuniu com populares.

Em Macomia, junto da lagoa do Posto administrativo de Xai e mercado com o mesmo nome foi registado a presença de insurgentes logo pela manhã e estrategicamente posicionados, tendo actuado em três diferentes posições. Na primeira, criaram uma barricada com o recurso a troncos de madeira, no povoado da Nova Zambézia. A barricada tinha como objectivo, impedir e contra-atacar qualquer tentativa de socorro por parte de militares posicionados na vila sede de Macomia e que pretendessem deslocar-se ao local de ataques. Esta barricada foi vista e denunciada por populares locais, aos militares, facto que não houve ordem de deslocamento ao mercado e lagoa de Xai – Macomia. Enquanto isso, na lagoa e mercado de Xai, foram ouvidos tiros intensos e passadas 48 depois dos mesmos tiros, ninguém foi aferir o nível de estragos causados pelos tiros. Fontes do Pinnacle News apontam que estavam pela lagoa, vários pescadores que pretendiam retomar as suas actividades pesqueiras e no mercado local, vários pequenos comerciantes que dormem nas matas ao longo das noites e pelas manhãs, reaparecem para efectuar negócios. Outros acreditam que possa ter havido algum confronto militar entre alguns insurgentes contra milicianos. Contudo, a estrutura militar posicionada em Macomia, ainda carece de detalhes sobre a mesma incursão e procura de forma minuciosa se informar sobre o número de homens que fizeram parte desta acção.

Em Nangade e Palma, concretamente na cintura de Phundanhar – Mitope, houve dois relatos sendo o primeiro, de terem sido assaltados pelo menos cinco viaturas, todas de caixa e que faziam o trajecto Palma à Mueda ou vice-versa. Uma das viaturas que partiu de Palma e tinha destino final Nampula, de marca Canter, carregava uma média de sete toneladas de peixe-seco. Importa referir que quatro das cinco viaturas assaltadas, foram incendiadas e uma, encontra-se desaparecida. Não se sabe quantos homens fizeram parte desta incursão, há menos de 8 km da fronteira de Tanzânia.

No mesmo troço, houve um acidente ao longo do percurso, tendo vitimado três ocupantes da mesma viatura de caixa aberta que tinha como carga, combustível em tambores de 200, 100 e 25 litros. Os sobreviventes, acharam por bem transladar os corpos dos malogrados para Palma, abandonando a respectiva viatura ao passo que na primeira oportunidade de comunicação com Palma, via telefónica, residentes de Palma interpretaram como sendo, acção de insurgentes. Ora, no dia seguinte, foi destacada uma equipa de resgate da carga e viatura e esta encontrou toda a carga subtraída por desconhecidos e a viatura, resistiu a alguma tentativa de fogo posto, depois do baldeamento do respectivo combustível.

O Governo de Palma acaba de solicitar a presença de todo o funcionário do aparelho do Estado que ainda esteja a aferir salários, estando ausente do respectivo distrito. Esta medida vem ao de cima, quando, no mesmo distrito, as multinacionais, usando aparelhos de vigilância e meios tecnológicos de ponta bem como medidas de segurança de níveis de credibilidade internacionais para a salvaguarda de recursos humanos, optaram pela evacuação. Recorde-se que um acto similar, aconteceu em Mocimboa da Praia e Nangade, colocando em perigo e conspiração, o governo a outros níveis.

O empossamento de novas figuras militares no exército Moçambicano, continuam a ser destaque em Moçambique e a ocasião, o Presidente e comandante em Chefe, Filipe Jacinto Nyusi, apelou aos presentes para pautarem pela acutilância, eficácia, dinamismo e aprimoramento dos seus níveis organizacionais e de combatividade em Manica, Sofala e naturalmente, em Cabo Delgado. Na mesma senda, o Ministro da Defesa, Jaime neto, manifestou diante da imprensa de que um dos objectivos das FADM é de perseguir e capturar Mariano Nhongo e seus cabecilhas.

Nesta semana, houve mudança de algumas caras no sistema eleitoral de Moçambique. As substituições ainda recebem comentários pejorativos e encorajadores nas redes sociais. Os positivistas, estão optimistas pelo facto de esperar reais mudanças comportamentais e independência, perante alguma e qualquer situação ao passo que os pessimistas, denotam algum exagero e abuso as figuras religiosas, aos cargos de chefia deste tipo de processos.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Subscreva a nossa newsletter diária

Verifique na sua caixa de correio ou na pasta de spam para confirmar a sua subscrição.