Perdidos e Achados

Rescaldo Semanal 10.10.2020

No seio de Militares

O Pinnacle News e @Carta publicaram dados importantes que dão conta de que o Governo Moçambicano recebeu novo equipamento militar para reforçar a ofensiva contra os insurgentes em Cabo Delgado. Estes dados reforçam os pronunciamentos de Governantes Moçambicanos nos vários outros órgãos de Comunicação Social, na qual vaticinaram ataques em proporções atmosféricas a partir do corrente mês de Outubro de 2020.

Paralelamente a estes pronunciamentos, a reciclagem de Comandos que decorre numa das maiores Unidades Militares do Norte de Moçambique em matéria de uso de armamento bélico pesado, está prestes a terminar. E o material bélico recém chegado ao país já se encontra em vários locais estratégicos da Província de Cabo Delgado.

Dos dois bombardeamentos efectuados à calada da noite nas latitudes 40.46826 e longitude -12.06771 e outra em 40.608558 e – 12.347401, todas no arquipélago das Quirimbas, não houve envio de tropas terrestre ou marinha para a verificação. Contudo, uma fonte ligada a incursões no Centro de Teatro Operacional Norte garantiu ao Pinnacle News que foram incursões bem sucedidas.

Ao longo desta semana, foi também neutralizado Joseph Adrenane Kumocho, de 39 anos, natural de Mocimboa da Praia. A sua captura aconteceu no Município de Mueda, quando ele estava em trânsito de Município de Mocimboa da Praia, para o Município de Montepuez, alegadamente para participar no funeral de um dos seus irmãos. Joseph está sob custódia militar pois, depois de sua captura e publicação de sua fotografia em redes sociais, apareceram muito mais acusações ao seu respeito onde, há gente que quer depor contra ele, por ter sido recrutador de 72 cidadãos em Mucojo, Distrito de Macomia, para o ingresso instantâneo à insurgência armada que deu início pelo dia 05 de Outubro de 2017.

“Este mandou vender casas e bens dos meus vizinhos e orientou-lhes que lhe seguissem”

“Tinha mesquita dele e orientava que todo aquele que quizesse rezar na mesquita dele, tinha que usar calças quase nos joelhos e prometia que era mesquita próspera”

Estas e outras acusações contra Joseph, vão a tempo de constar numa acusação formal que seguramente fará com que ele tenha que ser ouvido em algum Tribunal de Cabo Delgado. Refira-se que a captura de Joseph e com fortes acusações do gênero, não foi a única. Houve uma outra feita por militares em Montepuez, em plena luz do dia 01 de Outubro e diante de muitos comerciantes.

Não obstante, em Palma, um batalhão de militares das FADM invadiu todas as residências situadas a beira das praias e recolheu dezenas de cidadãos e lhes encaminhou aos quartéis locais. Partes dos capturados, voltaram ao convívio familiar e reportaram que, do interrogatório, há que acreditar ter havido informações segundo as quais houve entrada de gente estranha naquela zona vindos das ilhas e depois de algum bombardeamento feito por meios aéreos na zona insular dos arquipélagos das Quirimbas.

No seio de Insurgentes

Alguns deslocados de guerra que fugiram de cativeiros de Insurgentes, estes que até a última semana atacaram o Distrito de Quissanga, povoado de Bilibiza, esclareceram que insurgentes atribuíram o nome de “porco(s)”, aos militares das Forças Armadas de Defesa e Segurança. Linguagens como “vou caçar porcos”, “porcos estão perto”, são novos atributos substituídos por eles mesmos, da antiga terminologia “kafir”. Alguns dos deslocados esclareceram que durante comunicações inter-grupais de insurgentes notou-se a ênfase na fraca logística militar desde a posse de munições bem como pagamentos de subsídios de ataques em combates (este ponto merecerá desenvolvimento nas próximas 48 horas). Contudo, os mesmos enfatizaram que os ataques por eles ultimamente feitos têm a ver principalmente com vontades estomacais.

As Frentes de Palma e Mocimboa da Praia uniram-se em Mocimboa. A frente de Palma efectuou um recente ataque ao Posto fronteiriço de Controlo de Nyica, tendo causado a morte de um militar florestal e causado incêndios naquele Posto e na povoação em redor.

A frente de Mocimboa da Praia elaborou e disseminou mensagens escritas em língua kiswahil apelando aos residentes de Mocimboa da Praia o regresso às suas origens e em cada uma dessas mensagens devidamente assinadas pelo Nuru Ustaz (anónimo). Neste sábado, os insurgentes entraram em Mucojo, onde suspeita-se que estejam a planear os próximos alvos.

Outros

Circulara nas redes sociais documentos escritos em língua Inglesa da autoria de Abdul Karim contendo nomes sonantes da nomenclatura política, comercial e religiosa Moçambicana, com fortes alegações de estarem envolvidos no financiamento ao terrorismo, lavagem de dinheiro, corrupção sexual entre outros tipos de escândalo. Até onde o Pinnacle News soube, a acusação foi por ele destemidamente trazida junto dos meandros judiciários de Maputo e já está a ser auscultado um por um entre os arrolados inclusive o denunciante que no caso, paradoxalmente no que se esperava, consta no mesmo processo em instrução preparatória, como réu.

O MISA Moçambique capacitou dezenas de Jornalistas de Cabo Delgado em matéria de jornalismo em áreas voláteis. Com esta capacitação que decorreu em Pemba, por dois dias, fará com que muitos jornalistas consigam encontrar ângulos de abordagem nos seus trabalhos e reportem com sigilo, isenção, humanismo, equilíbrio, prioridade e responsabilidade, casos de guerra e de deslocados de guerra.

Na arena Internacional, o governo nipónico anunciou estarem a ser disponibilizados 4.200.000.000 de dólares para serem beneficiados deslocados de guerra, por um tempo indeterminado. Esta doação, vem reforçar tantas outras que já estão em curso a serem feitas pelas comunidades religiosas de Moçambique nomeadamente a muçulmana e Igreja Católica, WFP / PMA entre outras caritativas.

Recorde-se que o êxodo rural nos distritos costeiros desta Província de Cabo Delgado continua de forma progressiva e assustadora e existem até então, cerca de 350 mil deslocados sendo 295 dentro da Província de Cabo Delgado e os restantes números, nas Províncias de Nampula, Niassa e Zambézia, principalmente.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Subscreva a nossa newsletter diária

Verifique na sua caixa de correio ou na pasta de spam para confirmar a sua subscrição.