Perdidos e Achados

Nangade: Insurgentes atacam aldeia Litingina e já causaram 1 morto e incendiaram 2 viaturas nas primeiras 2 horas de embates

Militares fizeram 22bareicadas 12 das quais, ao longo da estrada que liga Nangade à Mueda.

Depois do Distrito de Muidumbe ter estado em pólvoras, agora é Nangade que nas últimas 48 horas, sente a presença de insurgentes e incendiários, num número difícil de estimar mas, nas aldeias Chicuaia – Nova, Namiune, Chianga e nesta noite, em Litingina.

Militares e milicianos ao serviço das Forças e Defesa e Segurança de Moçambique respondem incisivamente a estes ataques dispersos, em terra e provisóriamente, o Pinnacle News foi reportado ter havido pelo menos uma morte por parte de um civil e duas viaturas pertencentes ao empresariado local, incendiadas.

Defender infrastructuras do Estado, personalidades e população é a palavra de ordem mas os tiros ouvem-se de forma esporádica até 3 km de cada uma destas aldeias.

Muita população abandonou suas aldeias levando o essencial para a sobrevivência e fugiu para locais achados por ela como sendo seguros e a circulação nestas aldeias é exclusivamente de homens que se caçam, faz dias.

Desta feita, o Distrito-mãe, Mueda, encontra-se de plantão para responder qualquer e possível intrusão.

“Esses estão a querer nos tapar cara. Podem estar a querer entrar de um outro lado e bem espalhados” – Disse um dos graudos militar posicionado em Mueda.

Por conta deste ataque, nenhuma viatura percorre o troço de 50 km de Nangade à Mueda e muito menos de Nangade à Palma (via Phundanhar), motivos par acreditar que, populares de Nangade estão encurralados enquanto o tiroteio prevalecer neste ponto da Província de Cabo Delgado.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Subscreva a nossa newsletter diária

Verifique na sua caixa de correio ou na pasta de spam para confirmar a sua subscrição.