Nampula

Nacala Porto: Renamo destrói Renamo

Depois da bancada da Renamo ter comparticipado na reprovação do Plano de Atividade e Orçamento de 2021 nesta sexta-feira (11-12), a informação correu muito rapidamente e chegou a Província e Nação tendo-se de forma instantânea enviado uma equipa para que se deslocasse a Nacala Porto, para um encontro brusco com todos Membros da Assembleia Municipal pela Bancada da Renamo (votantes) alargada a outros quadros do Partido Renamo, posicionados na Assembleia Provincial.

A sentada para auscultações iniciou pelas 16:00 do mesmo dia e terminou pelas 04:h00 do dia seguinte (hoje) tendo-se debatido ao detalhe, sobre o que terá acontecido que motivasse a reprovação daquele Plano de Actividade e Orçamento do Município de Nacala para o ano que vem.

“O Partido nos mandatou para reunirmos hoje e estamos aqui. Ninguém dormiu e quer dizer que ninguém se esqueceu do que fez hoje, na assembleia Municipal de Nacala” – Disse-se e enfatizou-se que a Frelimo sabe que dividas ocultas tem sido o maior erro cometido por um punhado de pessoas mas toda a bancada votou a favor dessa dívida, por unicidade de comando.

Na ocasião, todos tiveram palavra a dar e eis o que se constatou e repisou-se naquele encontro restrito:

1 – O Delegado do Partido (chefe da bancada) ausentou-se na altura de votação. Contudo, justificou sem que convencesse a brigada sobre que orientações havia deixado, naquela altura em que alegou que estaria na casa de banho.

2 – A bancada da Renamo entrou tarde na Sessão pois, estava previamente reunida fora da sala. Chegou-se a entoar o hino Nacional, sem que Membros desta bancada tivessem tomado seus assentos.

3 – Reprovou-se o plano e recomendou-se apenas a revisão salarial dos Membros da Assembleia Municipal insinuando ao elenco Municipal para que os salários dos Membros subisse acima de 100%, como condição de aprovação do mesmo, principalmente.

4 – Definiu-se como algo premeditado pelo facto de não se ter comunicado a Província e a Nação quer antes, quer depois do sucedido.

Por estes pressupostos, a comissão Política Nacional decidiu dissolver e substituir o elenco de direção do Partido Renamo a começar pelo Delegado Político Distrital e chefe da Bancada, Gildo Ernesto Muquera pela Paiala Iassine Bichehe. Na história do partido Renamo em Nacala Porto, Paiala Bichehe entra como a primeira mulher a ostentar o cargo do gênero. Sendo Paiala Bichefe a Vice-Presidente da Mesa da Assembleia Municipal, o Pinnacle News não teve esclarecimentos sobre a possível substituição dela neste cargo. Contudo, o ex-Delegado Político e Chefe da Bancada, permanece como Membro do Partido e da Assembleia Municipal.

Houve na ocasião, ameaças de substituir todos os Membros da Assembleia Municipal pela Bancada da Renamo, caso nalgum dia, alguma acção semelhante possa acontecer.

“Quem quer tudo, tudo perde. Vocês são substituíveis” – Disse-se!

Desta feita, o Município de Nacala está sujeito em remarcar uma sessão extraordinária para a aprovação deste plano que na prática, deve ser executado a partir de 01 de Janeiro de 2021. Ora, ao se reprovar por 3 vezes, a Lei eleitoral preconiza a dissolução da Assembleia Municipal a começar pelo Presidente do Município e o respectivo anúncio de novas eleições em Nacala Porto.

Recorde-se que o elenco que sessa, elaborou ao longo dos 2 anos de governação Municipal, pelo menos 3 cartas abertas contra a pessoa do Presidente do Munícipio de Nacala tendo muitas das alegações caído na boca dos outros partidos rivais da Renamo, na Assembleia Municipal quiça, em medias locais.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Subscreva a nossa newsletter diária

Verifique na sua caixa de correio ou na pasta de spam para confirmar a sua subscrição.