Perdidos e Achados

Maio Sangrento em Cabo Delgado

Os primeiros dias de Maio em Cabo Delgado provaram ser até então sangrentos. Para além dos confrontos registado no distrito de Macomia e junto da zona costeira, houve registo de mais confrontos ao longo da estrada que liga Mueda a Mocimboa e Palma, via Awasse.

O Pinnacle News descreve estes combates como sendo acção premeditada por insurgentes, já que (eventualmente), saíram dos seus esconderijos para emboscar colunas militares que circulam ao longo da via. Os resultados destes combates ainda não foram reivindicados por nenhuma das partes.

Ainda nos primeiros dias de Maio, surgiram relatos de aparição de civis que estavam em cativeiro de insurgentes, onde estavam sujeitos a vários tipos de abusos.

“Meu trabalho era cozinhar o que me traziam ou ir cortar lenha com eles” – disse uma das mulheres que escapou do cativeiro dos insurgentes, e que agora encontra-se sob custódia de milicianos de Mueda.

Estes incidentes se desdobram numa altura em que as forças conjuntas da SAMIM, Ruanda e Moçambique se desdobram por Macomia e Nangade.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

*

Voz de Cabo Delgado

Subscreva a nossa newsletter diária

Verifique na sua caixa de correio ou na pasta de spam para confirmar a sua subscrição.