Cabo Delgado

Macomia: Raparigas capturaras por insurgentes retomam ao convívio familiar

O número de pessoas que recua do epicentro das operações de insurgência armada, cresce em Cabo Delgado. O Pinnacle News acaba de raparigas que abandonaram as matas e se apresentaram às autoridades de Macomia e esclareceram o como conviviam com insurgentes, por mais de dois anos, nas matas densas. São elas S. Amade, M. Saide, M. Abudo, F. Adinane e S. Abacar.

“Nós nos comportamos tal como eles queriam, desde o princípio e agora que as coisas não estavam a correr muito bem, eles nos dispensaram e nos desejaram BOA SORTE”. A outra adolescente acrescentou que: esta aqui servia Mussa Chande Aiuba, natural de Metoni, esta aqui, ao Abacar Selemane Nze que é nativo de Cogolo, aquela alí, ao Mamudo Saha Amade que é bem conhecido na aldeia Rueia, ela era parceira de Adinane Fahamo, oriundo de Ilala e já esteve grávida dele, Mussa Ibraimo de Ilala e Pinto, também de Ilala, já se envolveu com duas de nós. Eles nos escondiam nas grutas e mesmo soldados ou aviões que quisessem passar perto de nós, não eram capazes de nos alcançar e a regra era de não responder, quando militares estivessem por perto. – Rematou a outra para depois ser secundária por uma delas com fortes argumentos de que este todo grupo de cidadãos corajosos e nativos de Macomia e que as detinham, encontram-se seguramente em Tanzânia e atravessaram de forma ilegal, as fronteiras, tal como era o plano e usando canoas com pelo menos dois ocupantes em cada uma, faz tempo!

Importa realçar que em Matemo, uma posição militar recebeu Assane Quibwana e Ussene Abdala também vindos das matas e a mesma referiu carrega-los para Ibo, onde foi-se formalizar as suas fugas ou dispensas, dos cativeiros. Os mesmos esclareceram às autoridades Governamentais locais, o como foram capturados e quê tarefas específicas faziam, fixamente nas matas de Macomia, Província de Cabo Delgado.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Subscreva a nossa newsletter diária

Verifique na sua caixa de correio ou na pasta de spam para confirmar a sua subscrição.