Cabo Delgado

Insurgentes causam mais mortes nas matas de Chai – Macomia

Reportamos nesta semana que pelo menos oito insurgentes entraram na aldeia Chai, Distrito de Macomia para assaltar uma recheada barraca e levaram diversos produtos alimentares para suas matas em Meangaleua.

Paralelamente a esta acção, autoridades Comunitárias locais dizem que uma boa parte da População havia se refugiado nas matas e hoje, a mesma confirma que havia vários insurgentes nas mesmas matas, que não usavam suas armas de fogo mas sim, facões para decapitarem civis. Contam-se pelo menos 12 corpos encontrados nas mesmas matas, decapitados e em avançado estado de decomposição, com ferimentos ou cordas atadas nos seus corpos, antes de serem tirados as suas vidas, sinais claros de “modos operandi” dos jovens que juraram agir em nome dos alshabbabs de Moçambique.

O Pinnacle News tem indicações de que a mesma acção foi executada em aldeias de Nangade ande população foi afugentada das suas aldeias por insurgentes que circulavam de motos, enquanto um outro grupo dos mesmos insurgentes, especializado em decapitações, identificava população nas matas, mediante a fumaça criada no acto de preparação de alimentos para depois, seleccionar suas vítimas para leva-las às matas, decapita-las ou perdoarem.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Subscreva a nossa newsletter diária

Verifique na sua caixa de correio ou na pasta de spam para confirmar a sua subscrição.