Cabo Delgado

Milhares de pessoas encontram-se enclausuradas em Mocímboa da Praia

Nossas fontes que escaparm de inúmeros cativeiros de insurgentes em Cabo Delgado relatam que há muita gente que ainda vive em Mocimboa da Praia e nas seguintes circunstâncias:

População Refém (encontrada depois do ataque ou capturada em qualquer canto da Província):

Fica confinada no parque de estacionamento da antiga Nagy. É um parque de aproximadamente 50 metros quadrados e é guarnecida ao longo de dia e de noite. Neste local, são dados tarefas básicas de preparação de alimentos para todos. Nas noites, dormem neste mesmo local.

Homens:

Todo o homem com idade avançada é isolado e dorme agrupado com parte de insurgentes, no edifício do Hospital Distrital de Palma.

Chefes de Insurgentes:

Dormem em abandonadas estâncias hoteleiras posicionadas a beira-mar. Eles também são guarnecidos. Estes usam dois tipos de comunicação a destacar, telefones celular de diferentes redes e um outro comunicável com alternância de frequência. Parte destes, (con)vive na aldeia Milamba e sempre acompnhados de meninas adolescentes.

Crianças / adolescentes (todos meninos):

Recebem treinos em locais distantes de Mocimboa da Praia e isolados da realidade. São Centenas de meninos, nestas situações.

Sentinelas:

Vivem aonde lhes apetece apanhar sono. Antes de qualquer resposta de ataque, comunicam.

Outros detalhes:

A comida é trazida de locais de assalto, desde a Beira do mar (barcos em trânsito) até mesmo aldeias situadas no continente.

Enquanto a frente de Mocimboa da Praia permanece nestas condições, há outros pequena grupos que se movimentam e se fazem sentir um pouco por todos outros distritos desta Província.

Os especialistas ou conhecedores de alguma arte são poupadas as suas vidas. Tratam-se de experientes em medicina, mecânica, electricidade, manuseio de telefones, principalmente.

Em todos estes cantos, há corrente elétrica gerada a partir de painéis solares.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Voz de Cabo Delgado

Subscreva a nossa newsletter diária

Verifique na sua caixa de correio ou na pasta de spam para confirmar a sua subscrição.