Cabo Delgado

Palma: Proprietário da Amarula fretou helicóptero para seus animais de estimação

A acusação de que o proprietário da estância Turística denominada Amarula, no Distrito de Palma, solicitou por um helicóptero que pousou na sua propriedade para resgatar a ele e dois cães, foi feita recentemente por um sobrevivente, este que estranhou ver a helicóptero a abandonar as instalações do hotel com lugares vazios, quando tantas pessoas precisavam ser evacuadas do hotel durante o ataque de quarta-feira (24.03) à Palma.

Na altura, o Distrito de Palma estava sendo militarmente atacado por insurgentes, sobretudo, no exterior. E no interior do referido hotel, havia cerca de 32 clientes, uma centena de refugiados que se dirigiu aquele local por instinto e por força do destino, o Administrador do Distrito, este que foi orientado pelo seu pessoal de apoio a se vestir de mulher, para escapulir, num plano bem sucedido. – Dizem fontes do Pinnacle News.

As mesmas fontes que a estas alturas encontram-se a salvo e na Cidade de Pemba, por algum tempo, desmentem que naquela estância turística e arredores, foram abatidos por insurgentes, pelo menos 7 pessoas algumas das quais, estrangeiras. Estas, avançam que houve chacina pois, uma vez que o proprietário do Amarula se ausentou e o fogo era intenso, entre eles, identificaram motoristas experientes e que pudessem conduzir melhores viaturas ali presentes, ao modelo de “Fast and Furious”. No total, fez-se uma coluna de 17 carros sendo os mais resistentes, na frente. Em seguida, insurgentes abateram 9 destas viaturas e o destino de ocupantes das mesmas viaturas, ficaram ao critério de insurgentes que já vinham as gritarias “Allah akbar”. Portanto, nem toda a viatura que tentou ser retirada do Amar uma, saiu de Palma e apenas 7, chegaram à Pemba e com muito sacrifício pois, algumas nem tinham combustível suficiente. – Disseram!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Voz de Cabo Delgado

Subscreva a nossa newsletter diária

Verifique na sua caixa de correio ou na pasta de spam para confirmar a sua subscrição.