Cabo Delgado

Nampula: Governo prioriza agricultura e educação na gestão dos deslocados

A Província de Nampula acolhe neste momento o maior número de deslocados de guerra provenientes da Província de Cabo Delgado e os números não páram de crescer. Os deslocados estão distribuídos na sua maioria em três distritos nomeadamente Nampula, Meconta e Nacala Porto com perto de 11 mil deslocados, sendo na sua maioria crianças em idade escolar.

Desta feita, o sector de educação emitiu uma nota (em anexo) para que crianças em idades escolares sejam recebidas e reintegradas no ensino formal. A nota recebida em nossa redacção não delimita esta imperiosa orientação, deixando claro que as restantes Provincias devem colaborar.

O Distrito de Meconta, por exemplo, acaba de abrir uma cláusula ao se parcelar junto do povoado de Corrane mais 500 parcelas de terra com dimensões de 30/20. Numa primeira fase serão erguidas tendas numa e ao longo deste todo tempo chuvoso e com o andar do tempo, algumas zonas aráveis serão redistribuídas para que cada família cultive a terra. – Disse uma fonte do governo do Distrito, esta que acrescentou que a terra oferece culturas a curto e longos prazos a destacar, o sisal, o algodão, a castanha de caju, o gergelim, horticultura em primeira e segundas épocas e variedade de tubérculo e cereais.

No plano feito pelo Governo do Distrito de Meconta e com muita brevidade, há arruamentos e espaços a serem tornados públicos, planos para perfuração de poços, electrificação em plena mata densa. Este plano surge depois de várias casas de aluguer e familiares estarem superlotadas em todo o Distrito e com realce, em Namialo.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Voz de Cabo Delgado

Subscreva a nossa newsletter diária

Verifique na sua caixa de correio ou na pasta de spam para confirmar a sua subscrição.