Cabo Delgado

Paquistaneses presos em conecção com a destruição do Porto de Pemba

O Tribunal Províncial de Cabo Delgado acaba de adiar o julgamento sumário de inúmeros cidadãos de Nacionalidade Paquistanêsa e que faziam parte da tripulação da embarcação que embateu a estrutura de betão armado do Porto de Pemba.

Estão por de trás dos motivos de adiamento que estava previsto para manhã (11-12) e para uma data a anunciar, o facto de se procurar por um traductor imparcial que possa falar o árabe, Paquistanês e Português Jurídicos e com domínio de linguagem náutica. Outro sim há que se fazer a reavaliação dos danos causados a curto e médio prazos da referida infrastructura e manuseio de bens.

O Pinnacle News lhe trará presuntos a respeito deste caso, sempre que possível.

Correcção: Na primeira versão deste texto erradamente informamos que se tratavam de cidadãos de nacionalidade iraniana quando trata-se de paquistaneses.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Voz de Cabo Delgado

Subscreva a nossa newsletter diária

Verifique na sua caixa de correio ou na pasta de spam para confirmar a sua subscrição.