Cabo Delgado

Há necessidade de se documentar as mensagens dos insurgentes

Exístem ínumeros mensagens e textos de insurgentes patentes em paredes de instituições públicas destruídas, muralhas históricas, sedes de partidos políticos, infraestruturas do Governo, quadros em salas de aulas, livros estrategicamente abandonados, celulares e blocos de notas na posse de insurgentes abatidos e mesmo em algumas confissões forçadas ou expontâneas que ocorrem em distritos voláteis de Cabo Delgado.

Segundo quadro preto assinado, numa das salas de aula ora, abandonada

Por conta disto, historiadores, pesquisadores e até mesmo curiosos, perdem a oportunidade de obter informações relevantes para o uso e futuras análises sobre génese e motivações da insurgência na Província de Cabo Delgado.

Mensagem deixada pelos insurgentes antes da sua fuga da base de Ntchinga

Outro enclave no terreno é pelo fraco domínio da língua e da linguagem entre as partes que colidem. De igual, o nível de literacia entre as partes é completamente diferente.

Viatura assaltada e ulteriormente assinada e timbrada pelos alshabbabs

Estás observações são dadas numa altura em que pode-se crer que, a guerra de Cabo Delgado já tem vencedores e vencidos.

pinnaclenews79@gmail.com

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Voz de Cabo Delgado

Subscreva a nossa newsletter diária

Verifique na sua caixa de correio ou na pasta de spam para confirmar a sua subscrição.