Perdidos e Achados

Cabo Delgado: Cidadão baleado ainda esconde sua identidade e viaja clandestino

A polícia de Chiure foi denunciada que dois viajantes sendo um homem e uma mulher, chegaram a este Distrito vindos do de Macomia.

Ao longo da caminhada, nenhum posto de controle de passageiros e carga os detectou ou suspeitou por estarem a se deslocar, sigilosamente escoltados um para com o outro.

O primeiro transporte monitorado por um dos informantes diz que, os levou de Chai – Macomia, para Silva Macua. O segundo, de Silva Macua para Chiúre e acredita-se que a mesma viagem tenha iniciado há tempos atrás e num outro Distrito.

Para todos efeitos, apesar deles terem atravessado os distritos de Macomia, Quissanga, Meluco, Ancuabe até Chiúre, a Polícia envolveu o sector de Saúde do Distrito de Chiúre para identificação do tipo de projectil alojado naquele braço direito e da real proveniência deste falso casal, escalando inúmeros autocarros. O motivo da suspeita é que o homem que apenas comunica em lingua Chimakonde, continha bala alojada no braço e encobria-o ao longo de todo trajecto, com um enorme lenço.

O acto sucede-se desde o dia 29 de Dezembro de 2020.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Voz de Cabo Delgado

Subscreva a nossa newsletter diária

Verifique na sua caixa de correio ou na pasta de spam para confirmar a sua subscrição.